Tanzânia se torna 34º país africano a proibir sacolas de plástico – BI 10/07/2019

Tanzânia se torna 34º país africano a proibir sacolas de plástico
Boletim do Instituto IDEAIS – BI 10/07/2019
Fonte: Correio Braziliense
Cientistas estimam que há cinco trilhões de sacolas plásticas flutuando nos oceanos

A proibição de usar e produzir sacolas de plástico entrará em vigor no sábado na Tanzânia, 34º país africano a aplicar este tipo de medidas para lutar contra a poluição no continente.

A Tanzânia decidiu proibir a importação, a produção, a venda e o uso de sacolas de plástico. Segundo o Programa das Nações Unidas para o meio ambiente, o país se soma a outras 33 nações africanas que já adotaram este tipo de norma.

As autoridades da Tanzânia também aplicam a medida aos turistas, especificando que estes deverão “se desfazer de suas sacolas de plástico” antes de entrar no país.

Em todo o mundo, 127 países têm uma legislação que regula de uma ou outra forma o uso de sacolas de plástico, segundo as Nações Unidas. Entre eles, 91 países – 34 deles na África e 29 na Europa – proíbem ou limitam a produção, importação ou distribuição comercial dessas sacolas.

Cerca de 300 toneladas de plástico são produzidas anualmente no mundo. Há cerca de cinco trilhões de sacolas de plástico flutuando nos oceanos, estimam os cientistas.

Veja a notícia original aqui

Os comentários estão encerrados.