Saquinhos de chá de plástico liberam bilhões de partículas – BI 01/10/2019

Saquinhos de chá de plástico liberam bilhões de partículas

Boletim do Instituto IDEAIS – BI 01102019
Fonte: UOL (Bloomberg)

Os saquinhos de chá de plástico liberam bilhões de pequenas partículas, uma quantidade muito maior do que outros tipos de embalagens de alimentos, de acordo com um novo estudo.

Um saquinho de chá colocado em água quase fervente produz cerca de 11,6 bilhões de grânulos microplásticos e 3,1 bilhões de nanoplásticos ainda menores, invisíveis ao olho humano, disseram pesquisadores da Universidade McGill.

O estudo foi publicado na revista Environmental Science & Technology. Em outro relatório, a Organização Mundial da Saúde havia dito em agosto que pequenos pedaços de plástico de garrafas, bolsas e loções descartadas permeiam a água em todo o mundo.

Mais estudos são necessários para determinar se isso representa riscos à saúde humana, disse o documento. Os microplásticos podem surgir da erosão de detritos plásticos maiores, que apresentam seus próprios riscos para a vida marinha, ou podem vir na forma de pequenas pérolas encontradas em produtos de saúde e beleza, como cremes esfoliantes ou creme dental.

Estudos detectaram microplásticos em mais de 80% das fontes mundiais de água doce, água da torneira de municípios e água engarrafada. Essas partículas também estão presentes nos alimentos e no ar.

Governos de todo o mundo já adotaram medidas para reduzir o plástico no meio ambiente, desde a proibição de canudinhos até a imposição de taxas para sacolas dos supermercados. A União Europeia considerou restringir o uso de alguns microplásticos comuns em produtos de maquiagem e limpeza.

Leia a matéria original aqui

 

Os comentários estão encerrados.