Quando é mais fácil proibir do que administrar. BI 29/10/2019

Quando é mais fácil proibir do que administrar 
Boletim do Instituto IDEAIS – BI 29/10/2019

Enquanto existirem legisladores e poder executivo lacradores de redes sociais, viveremos num mundo de banimento de produtos. E eles sendo aplaudidos por pessoas que vivem bem longe da realidade.

Vendo essas fotos nós vemos como foi bom o vereador da capital paulista ter proibido canudos plásticos.

E agora também quer proibir copos, pratos, talheres e até hastes das bexigas plásticas. Achamos que acabou esquecendo de proibir os balões plásticos nas festinhas das crianças.
É bem mais fácil fazer leis sobre o que não conhece do que proibir bitucas de cigarros, redes de pesca, punir navios que lançam lixo no mar…Nem pensar em proibir o lixo gerado por grandes corporações.

Como é fácil escrever leis bizarras ao invés de administrar a cidade. Vamos salvar os animais e as florestas, desde que não apareça o lixo e o abandono da capital nas manchetes.
Vamos então proibir pessoas de jogar lixo na rua? Ah, isso não dá voto…

Os comentários estão encerrados.