Os sacos de plástico vão deixar de ser uma ameaça. Esperamos nós. BI 28/08/2018

Os sacos de plástico vão deixar de ser uma ameaça. Esperamos nós
Fonte: Expresso
Do Chile, vem a esperança: dois engenheiros inventaram sacos de plástico que se dissolvem na água
Um saco de plástico é barato e resistente. Pode ser usado para transportar compras ou para guardar quase todo o tipo de materiais, desde alimentos a lixo ou roupa de luxo. E é um veículo barato para publicidade a qualquer marca. Tem a grande vantagem de ser praticamente indestrutível. A única desvantagem é que é praticamente indestrutível. A grande invenção dos anos 70 tornou-se a grande praga do séc. XXI, invadindo a natureza por terra e mar e obrigando os países de quase todo o mundo a criar impostos e taxas para reduzir a utilização dos sacos de plástico feitos a partir de petróleo. A medida tem funcionado, mas não é suficiente.

Esta semana, dois engenheiros chilenos apresentaram ao mundo o que acreditam ser o saco de plástico do futuro. Mais do que biodegradável, é hidrossolúvel. Isto é, desfaz-se em contacto com a água, evitando assim a poluição marítima. Demonstrando grande confiança na própria invenção, Roberto Artete bebeu um copo de água onde tinha acabado de dissolver um dos sacos que inventou. Sobreviveu sem sequelas visíveis e o vídeo está no YouTube.
Continue a ler aqui

Nota do Instituto IDEAIS
Plásticos hidrossolúveis em PVA ou PVOH não são novidade. Nem mesmo sacolas produzidas com este material.
O produto é caro e como cumpre o que promete, ou seja, vai dissolver em contato com a água, talvez tenha alguma utilidade em locais onde não chove.

Os comentários estão encerrados.