Gelo do Ártico contém até três vezes mais microplásticos do que se pensava

Gelo do Ártico contém até três vezes mais microplásticos do que se pensava
Fonte: FUNVERDE

Cientista prepara núcleo de gelo marinho do Ártico para análise de microplásticos. (Alfred-Wegener-Institut / Tristan Vankann/Divulgação)

Amostras de gelo de cinco regiões do oceano Ártico contêm até 12.000 partículas microplásticas por litro, revela pesquisa publicada na Nature Communications

A poluição dos oceanos por microplásticos já atinge escalas preocupantes, chegando nas áreas mais pristinas da Terra. Em um novo estudo publicado na revista Nature Communications, cientistas relatam que a concentração de micropartículas de resíduos plásticos encontradas no gelo marinho do Ártico é bem maior do que se imaginava: de duas a três vezes superior.

As amostras de gelo de cinco regiões do Oceano Ártico contêm até 12.000 partículas microplásticas por litro de gelo marinho, segundo os especialistas do instituto alemão Alfred Wegener, do Centro Helmholtz de Pesquisa Polar e Marinha (AWI). Além disso, os diferentes tipos de plásticos pareciam ter uma origem comum, permitindo aos pesquisadores rastreá-los até as possíveis fontes.
continua…
Leia matéria completa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *