Descartáveis jogados nas praias de JP prejudicam peixes e tartarugas

Descartáveis jogados nas praias de JP prejudicam peixes e tartarugas
Fonte: PB Agora
Mais de 95% do lixo encontrado nas praias brasileiras é composto por itens feitos de plástico, como garrafas, copos descartáveis, canudos, embalagens de sorvete e redes de pesca. Sacolas plásticas são as maiores vilãs do meio ambiente e, segundo o professor de Zoologia da UEPB, Douglas Zpppelini, o material plástico descartado nas praias causam estragos em vários níveis. “No mar eles provocam centenas de mortes de peixes e tartarugas”.
Esta é uma das principais conclusões de um trabalho de monitoramento realizado desde 2012 em diversas praias, pelo Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo (IO-USP), em parceria com o Instituto Socioambiental dos Plásticos (Plastivida), uma associação que reúne entidades e empresas do setor.

As embalagens plásticas quando consumidas de maneira exagerada e descartadas de maneira irregular, em lugar de serem encaminhadas para reciclagem, contribuem e muito para o esgotamento de aterros e lixões, são ingeridos por animais causando sua morte e poluem a paisagem. Todo esse impacto poderia ser diminuído ou eliminado, basicamente, por meio da redução do consumo desnecessário e correta separação e destinação do lixo.
…continue a ler aqui

Os comentários estão encerrados.